Nós te ligamos

Benefícios flexíveis aumentam engajamento dos colaboradores

11 4564-7127

Você sabe o que são benefícios flexíveis? Bom, no Brasil, é muito comum que a empresa ofereça o mesmo pacote de benefícios a todos os seus funcionários. Se o RH da companhia decide que o melhor é dar plano de saúde, 100% dos colaboradores terão esta vantagem. Mesmo que alguns deles preferissem, por exemplo, um plano odontológico. O conceito de benefícios flexíveis é ter um amplo pacote de ofertas e deixar que cada um decida o que é melhor para si mesmo.

Este sistema mais versátil foi inventado nos Estados Unidos, por volta de 1970. Logo se popularizou em países da Europa e da América Central, como o México. E aqui no Brasil, com muito atraso, é verdade, as empresas começam a adotar os benefícios flexíveis como uma forma de satisfazer seus colaboradores e aumentar o engajamento.

Quais são os benefícios flexíveis?

Na verdade, é bem simples. Existe uma legislação específica sobre o assunto. O § 2º do artigo 458 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) estabelece que podem fazer parte desta política de flexibilidade benefícios em:

– Educação.

– Transporte.

Plano de saúde.

Plano odontológico.

– Alimentação.

Seguro de vida.

Previdência privada.

– Vestuário.

– Equipamentos para o trabalho.

Como funcionam os benefícios flexíveis?

Cabe ao empregador definir um valor para cada um destes benefícios e, também, qual verba o colaborador terá para usufruir.

Por exemplo: o João tem uma verba mensal de R$ 500,00 para escolher seus benefícios. Ele opta pelo plano de saúde (R$ 300,00), seguro de vida (R$ 50,00) e Alimentação (R$ 150,00). O Pedro, com os mesmos R$ 500,00, faz uma escolha diferente. Ele prefere ter plano odontológico (R$ 100,00), bolsa de estudos (R$ 200,00), alimentação (R$ 150,00) e transporte (R$ 50,00).

Por que oferecer benefícios flexíveis?

As empresas oferecem cada vez mais vantagens aos seus colaboradores, como mostra esta reportagem da Revista Exame. Cuidar dos funcionários faz com que eles tenham mais fidelidade e uma sensação de pertencimento maior, ou seja, eles passam a agir como se o negócio também fosse deles. Sentem que são responsáveis pelo sucesso da companhia. Oferecer benefícios flexíveis torna a equipe mais engajada, mais assertiva na busca pelos resultados que a companhia deseja.

Outro motivo para flexibilizar a escolha dos benefícios é que cada colaborador tem necessidades diferentes. Se o Joaquim é casado e já é dependente no plano de saúde da esposa que trabalha em outra companhia, não precisa ter um segundo benefício igual. Aliás, como o casal tem filhos, ele pode optar pelo auxílio-creche, algo que o empregador da esposa não oferece.

JFA Consultoria em Benefícios

A JFA é uma corretora que faz a intermediação da negociação com as operadoras de benefícios e, também, faz a administração destes pacotes. Entre em contato agora mesmo para conversar com nossos especialistas, tirar todas as suas dúvidas e fazer uma cotação. Vamos buscas as melhores opções do mercado para satisfazer sua empresa e seus colaboradores!